E o Natal não termina


Com o desejo de Boas Festas Natalícias, dou conta do que foi o meu 25/26 de Dezembro. Preparo-me agora para a passagem de mais um ANO e daqui desejar, também para todos vós, uma entrada com ATENÇÃO.

Satisfeito, junto dos meus, festejei mais uma festa do renascimento HUMANO, segundo a crença que sigo. Este ANO mascarei-me de Pai Natal propósito para alguém que nunca experienciou a imagem e simpatia deste secular velhinho. Foi, muito, entusiasmante sentir na pele a responsabilidade de levar, junto dos meus mais queridos, uma mensagem de calor humano vivenciado na realidade. Os embrulhos ficaram segundarizados para elevação da dita mensagem. Tentei e consegui encher aquela sala de admiração, surpresa e incredulidade. Dizia-me uma das surpreendidas: - Nem parecias tu – estimulante conseguir o efeito desejado que de real só mesmo o nome que figurava.
Um Natal assim faz sentido, sendo esta a mensagem concluída, naquele grupo que comigo festejou. Mas para mim ainda não terminou.

Preparo-me agora para a passagem do velho para o novo ANO. Nesta temos o, supérfluo, esbanjamento em ritmos e álcool. Esquecemos anteriores campanhas de solidariedade e desprotegidos. Ignoramos o alvitrado. A vida continua no seu círculo sem darmos pela sua trajectória. Por muitos desejos que recebamos ou desejemos nada fará mudar o sentido das nossas vidas, ela segue sempre em frente, mesmo que esquecida em festivas euforias.

Pensei enviar mais uma mensagem de bom presságio, aos meus Amigos e conhecidos, para o Novo Ano. Mas em vez de enviar o que todos já conhecemos, decidi enviar algo diferente. Algo que desperte a concepção de cada UM. Um alerta para a realidade e, tudo isto, resumido dá nisto; ATENÇÃO AO MOMENTO PRESENTE, sendo este a única realidade. Espero que ao receberem esta mensagem, se lembrem que a vida não é feita de amanhãs mas de HOJES.
Entrar com o “pé direito” é igual a entrar com o esquerdo, não é por ser direito que alterará o rumo das, nossas, acções, atitudes ou sortes.
Só desejo, mesmo uma coisa, para mais um Novo Ano; que todos aqueles que me abraçam continuem com mais agrado, fidelidade e ATENÇÂO.

Este desejo poderá ser mais explícito em um outro artigo, posteriormente, aqui colocado, apesar de saber que alguém irá saber interpretar esta minha ambição. Que estejamos TODOS ATENTOS AO AGORA e deixemos a vida orbicular na sua normal trajectória.

MELHOR ANO 2011 para os interessados.

Algures na Internet:

Mensagens populares deste blogue

Medos Que Nos Fizeram Ser, o Que Não Quereríamos Ser.

Novo Ano