Insólito Encontro

Numa aldeia Indiana, o insólito aconteceu. Uma enorme cobra Rei, a mais venenosa do reino dos répteis, foi ao encontro do seu maior inimigo; o Homem. A maior causa de mortes na Índia, quando em situação de ameaça ou evasão do seu território, é a mordedura deste réptil.

Na anormalidade deste tipo de encontro, o insólito aconteceu. Como se pode ver no vídeo, o réptil prostrado frente ao inimigo, de cabeça hirta e sem intenções de atacar, chamou a atenção de peritos em resgates de cobras.

O que lhes chamou mais a atenção foi a sua postura e falta de stresse, para quem as conhece, seriam de iminente ataque, o que não aconteceu. Pela inacção do réptil deduzem que estaria ali em estado de “súplica” e não para um confronto de morte.

Naturalmente morreria se não fosse decidido experimentar dar água. Dentro dos parâmetros de segurança, um dos experientes segurava a cauda e o outro, com um gancho de captura como defesa, dava-lhe de beber pela garrafa; tal animal de estimação.

O insólito encontro aconteceu, por culpa da maior seca que há registo. Segundo os dados meteorológicos, o território Indiano já não sofre uma seca, como a que está a atravessar, há 115 anos, dai que até os inimigos do Homem se ressintam com a falta de água e os leve ao seu encontro.


O animal, depois de saciado, foi transferido para um centro de cuidados para animais selvagens, o que não me espanta, sendo que uma das culturas Indianas é a preservação do reino animal…


Mensagens populares deste blogue